Como é bom chegar à casa de alguém para fazer uma visita e sermos recebidos com carinho ouvindo aquela famosa frase: “Entre, fique à vontade, a casa é sua” . Por mais que nos seja proporcionado um ambiente agradável e bom acolhimento, sabemos que a casa não é nossa e que temos limites a preservar. Precisamos saber a hora e o modo de entrar, sair, ir e vir porque verdadeiramente nosso limite de acesso tem restrições.

          Mas não é assim na casa do Pai! No aconchego da presença do nosso Deus nós temos liberdade para expressar nossos sentimentos, nossas preocupações, liberar nossas emoções fragilizadas pelas decorrências da vida e lançar diante do trono do Rei da Glória nossas verdades e render a Ele nossa alma a fim de sermos sarados, curados, reconciliados!

          E foi isso que experimentamos nos dias 26, 27 e 28 de Agosto , alcançamos os portais celestiais, adentramos aos jardins da graça e seguimos até à sala do trono sem restrições de acesso porque nossa Reconciliação em Cristo Jesus promoveu nossa chegada ao Santo dos Santos para honrar ao nosso Rei da Glória com a nossa adoração cheios de fervor e gratidão por tudo quanto o Senhor tem sido para nós! Como disse o salmista (Salmo 40:5) “Muitas são ó meu Deus as maravilhas que tens operado para conosco. Os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; eu quisera anunciá-los e manifestá-los, mas são mais do que se pode contar.” Experimentamos nestes três dias a graça, o favor, os acréscimos, as curas, a exortação, o concerto, o quebrantamento, a presença de Deus em nosso meio, presença restauradora e libertadora! Glórias ao trino Deus por todas as coisas, a Ele e por Ele, o louvor e a glória para sempre!

          Esteve conosco ministrando a palavra a Missionária Izabel Falcão (RN). No Sábado pregou sobre o texto do Evangelho de Lucas 22:61,62 onde Pedro nega Jesus e no destaque da palavra vimos que na fragilidade humana, revelamos quem somos verdadeiramente, por isso muitas vezes choramos amargamente, porém Jesus, na sua graça reveladora não desiste de nos olhar com misericórdia e amor. Deus quer saber o nível do nosso amor... Tu me amas? A ponto de gastar tua vida, renunciar teus desejos e vontades e me servir com integridade?

          No Domingo a Missionária ministrou sobre a Parábola do Filho Pródigo em Lucas cap.16 a partir do vers.11 e a tônica da prédica foi: “eu tenho um Pai que se move de íntima compaixão e não abre mão do filho que sai da sua casa com altivez e retorna humilhado. O Pai nos cobre com roupas novas, nos dá um anel de aliança com Ele, uma nova oportunidade, um novo recomeço e nos dá novas sandálias para nossos pés feridos. Filhos mais velhos, fomos todos exortados a usufruir da graça que nos é disposta liberalmente.

          Na 2ª. Feira, encerramento deste Congresso maravilhoso tivemos como Preletora a ir. Luci Vaz (Curitiba) que ministrou em Genêsis 25:28-34 a respeito do direito de primogenitura. Ao filho primogênito era conferido o direito de autoridade de sacerdote na ausência do pai. Esaú estava extremamente cansado e por conta disto vendeu seu tesouro. Em curto espaço de tempo seria servido à mesa o alimento preparado, objeto da venda do seu direito por não aguardar o tempo determinado. Somos detentores das bênçãos de Deus sobre nossa família, nossa Igreja, nossa sociedade! Somos filhos de Deus, não somos bastardos, temos direito à uma herança imarcescível  conquistada na cruz através do sacrifício perfeito do nosso Rei da Glória, Jesus, nosso Cristo Salvador!
         

Mencionamos com muita alegria e satisfação a participação brilhante do nosso Grande Coral Filhas da Graça! 182 vozes entoaram hinos com delicadeza e vigor! Nossa gratidão ao Maestro Jeferson que nos ensinou e regeu de uma maneira tão eficaz com técnica e unção! Segue uma palavra do Maestro para todas as componentes deste lindo Coral: “Neste período de ensaios com o Grande Coral, percebi o quanto Deus nos agraciou com sua bondade e misericórdia, a cada dia vi sua mão nos inspirando e dando crescimento técnico e espiritual para
seu louvor. Quanta dedicação, quanta entrega, quanto desejo de fazer o melhor, pude observar isto nos olhos de cada irmã participante. Parabéns Filhas da Graça por todo esforço empregado, vosso trabalho está sendo recompensado e mais ainda será, pois nosso Deus continuará vos abençoando e que possamos continuar inspirando outras a virem participar desta grande obra de louvor e adoração ao nosso Deus! Amém!”.

          Recebemos algumas caravanas de irmãs amigas que vieram compartilhar conosco deste momento festivo: Schroeder, Timbó, Gaspar, Ilhota, Balneário Camboriú e alguns outros locais. Nosso carinho por cada visita que recepcionamos! Estendemos nossa gratidão à Coordenadora Geral do Ministério Feminino Filhas da Graça de Blumenau, Pastora Regina, através de sua Liderança o Ministério Feminino tem promovido grandes eventos de cunho espiritual e edificadores de vidas! Agradecemos a todas Pastoras Setoriais pelo apoio e incentivo, Supervisoras Setoriais do Min. Feminino, esposas de Dirigentes de Congregação, Irmãs que fazem parte desta obra linda, edificante e transformadora! Agradecemos ao nosso Pastor Presidente pelo apoio oferecido ao Ministério Filhas da Graça. Para finalizar, destaco o que temos aprendido recentemente com nosso Pastor: M.S.D.