Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus. – 2 Co 5.20

Reconciliação na visão e linguagem do Reino de Deus nos remete a duas verdades inseparáveis; temos um enorme privilégio e temos uma grande responsabilidade. 

Certamente o termo reconciliação foi uma palavra chave no ministério de Paulo que investiu todos últimos anos de sua vida tentando mostrar para as pessoas que existe uma possibilidade da paz ser estabelecida entre Deus e a humanidade.  Este é o privilegio que temos. Assim como o filho pródigo que voltou para casa e o pai o recebeu com amor restituindo-lhe o lugar de filho, nós também não precisamos morrer na lama do pecado, mas através de Cristo podemos fazer parte novamente da família de Deus.  As coisas velhas e apodrecidas já passaram e uma nova vida floresce. (2 Co 5.17) 

Em súplica faço coro com Paulo bradando: “Reconciliem-se com Deu!”, pois este é o único meio para a verdadeira vida.  Aceite a graça oferecida pelo Eterno e desfrute desta alegria todos os dias de sua existência. Lembre-se que ninguém pode desfrutar da paz de Deus sem primeiro ter paz com Deus.

Somente reconciliados com o Altíssimo enxergamos a vida pela ótica certa; desfrutamos de uma novidade de vida; gozamos da paz real; usufruímos da libertação do pecado e teremos uma eternidade glorioso.

Quando passamos a fazer parte da família de Deus, entendemos também que esta reconciliação não deve ser egoisticamente usufruída apenas por uma minoria, mas precisa ser compartilhada ao  maior número possível de pessoas, afinal, Deus amou o mundo inteiro. Paulo diz no verso 19 que a nós foi confiado a mensagem da reconciliação.

Seja você um agente desta verdade. Que as pessoas perdidas nas trevas do mundo possam enxergar a cruz evidenciada pela luz de seu testemunho. Que os filhos afastados voltem para casa ao sentirem o amor que emana de sua vida. Que as famílias destruídas ouçam de seus lábios que em Cristo há restauração para o lar. Que de fato, por onde for e no que fizer, você seja parecido com Cristo, um reconciliador.